quarta-feira, 21 de fevereiro de 2018

Intervenção "meia boca"? NÃO!!!

Não sou contra a intervenção no Rio de Janeiro. Sou contra a intervenção meia boca, feita exclusivamente para atender interesses políticos da quadrilha do Palácio do Planalto comandada pelo mordomo da Transilvânia. Já tive vontade de, há 3 dias, fazer um comentário nesse sentido e não o fiz. Agora, ouvindo o pronunciamento de um militar patriota, o General Augusto Heleno, resolvi fazê-lo.
Ele começa o seu pronunciamento alertando para uma verdade; o Exército não terá poder de polícia. Que tipo de intervenção é essa? O soldado do Exército se depara com um bandido portando um fuzil, praticando um assalto em plena Av. Brasil, apontando a arma para a cabeça de um motorista, e deverá ser tratado como? Na minha opinião deverá ser imediatamente fuzilado, seria um bandido a menos.
O Supremo Tribunal Federal (STF), se não quiser continuar sendo reconhecido como valhacoto de bandidos, ou no mínimo uma corte onde não tem magistrados e sim político a serviço de corruptos, precisa dar a devida segurança jurídica ao soldado em ação. Ele está expondo sua vida no cumprimento do dever e que, em um possível enfrentamento com bandidos, o fuzile em defesa da lei e a bem da sociedade.
A sociedade espera que essa corte não se dobre à hipocrisia dos direitos humanos. Direito humano é o direito do cidadão, não é nem nunca foi o direito do bandido, tese progressista da esquerda podre e burra e tão defendida pelas Luislindas Valois, pelas Marias dos Rosários da vida e mais uma fileira de parasitas e gigolôs do Partido dos Trabalhadores (PT), além de outros hipócritas homiziados no MDB e PSDB.
Falei no inicio do texto que a intervenção no Rio de Janeiro tinha mais caráter político do que razão social e ação técnica. Não demorou muito para que o corrupto, que fez parte do bando de Sérgio Cabral e que inexplicavelmente continua à frente do governo do estado, começar a cobrar do ministro da fazenda, Henrique Meireles, outro corrupto a serviço da quadrilha palaciana, “ajuda financeira” por conta da intervenção.
A essa altura, só me resta perguntar o seguinte: o que eu, trabalhador, cidadão, contribuinte, morador no estado de São Paulo, tenho a ver com toda essa putaria oficial e extra oficial que há anos prevalece no estado do RJ com apoio do governo federal, para ter que arcar com o custo financeiro de mais esse conchavo para enganar incautos? A tudo isso prefiro classificar de mais um ato da prostituição oficial que tomou conta do país.
Está na hora de toda a sociedade brasileira, principalmente a do estado do Rio de Janeiro, resgatar valores morais e não aceitar a vulgarização de certas atitudes impostas pela rede Globo de Televisão, o cancro nacional, como por exemplo, a tentativa de desmoralizar a Policia Militar do Rio de Janeiro. É verdade que bandidos existem em todos os lugares, mas não vamos generalizar.

Deputados do RJ que defendem o narcotráfico

Marinha do Brasil confirma compra de porta-helicópteros britânico

O HMS Ocean pode receber helicópteros ou então aviões capazes de decolar e pousar na vertical

A Marinha do Brasil (MB) confirmou nesta segunda-feira (19) a assinatura do contrato de transferência do navio porta-helicópteros HMS Ocean junto às autoridades do Ministério da Defesa britânico. O acordo foi assinado em Plymouth, na Inglaterra, pelo diretor-geral do Material da Marinha, Almirante de Esquadra Luiz Henrique Caroli, representando a corporação naval brasileira.
A MB não divulgou o valor da negociação. No entanto, segundo reportagem do jornal britânico The Telegraph, a embarcação foi vendida ao Brasil por cerca de £ 84 milhões, o equivalente a R$ 380,5 milhões na cotação atual. O HMS Ocean será o maior navio da marinha brasileira, com 203,43 metros de comprimento 21.578 toneladas de deslocamento (totalmente carregado). Esse posto antes era ocupado pelo porta-aviões NAe São Paulo, desativado em fevereiro de 2017.
O HMS Ocean foi incorporado pela Royal Navy (Marinha Real Britânica) em 1998. A embarcação foi projetada para realizar operações anfíbias com helicópteros embarcados e com tropas dos Royal Marines (Fuzileiros Navais britânicos), bem como atender a missões de ajuda humanitária, como a ocorrida em setembro de 2017, quando o navio prestou auxílio às populações caribenhas atingidas pela passagem do furacão “Irma”.
Na Marinha do Brasil, a embarcação será empregada em operações aéreas com helicópteros, operações anfíbias com tropas de Fuzileiros Navais e missões de controle de área marítima para proteção de linhas de comunicações marítimas, além de conduzir atividades de apoio logístico, de caráter humanitário, de auxílio a desastres naturais e operações de manutenção da paz.
A incorporação do HMS Ocean à MB será em 29 de junho de 2018, sendo que o processo de transferência do navio tem previsão de ser concluído até o final do mês de julho, com chegada ao Brasil em agosto. Até lá, os tripulantes brasileiros realizarão cursos com a Royal Navy, em empresas fabricantes dos equipamentos e treinamentos intensivos. A embarcação ainda passará por um processo de manutenção e docagem no Reino Unido para ser recebido em suas melhores condições de material e de preparação de pessoal.
De acordo com a MB, o navio fabricado no Reino Unido pode operar simultaneamente até sete aeronaves em seu convés de voo, podendo utilizar todos os tipos de helicópteros pertencentes a esquadrões da marinha brasileira. São eles os modelos Seahawk (SH-16), Cougar (UH-15 A/B); Lynx (AH-11B), Esquilo (UH- 12/13), Bell Jet Ranger III (IH-6B) e Super Puma (UH-14).
A embarcação pode receber até 18 aeronaves embarcadas e possui acomodações para abrigar até 805 tripulantes (entre fuzileiros navais, pilotos e responsáveis pela operação do navio). O HMS Ocean foi projetado para navegar a velocidade de 18 nós (33,3 km/h) e tem um raio de ação de 8.000 milhas náuticas (14.816 km).
Thiago Vinholes
Seguindo a tradição da Marinha do Brasil em relação aos seus navios aeródromos, o HMS Ocean deve ser rebatizado com o nome de um Estado brasileiro, como foram no passado os casos dos porta-aviões Minas Gerais e São Paulo.

Bolsonaro apoia candidatura do general Paulo Chagas, e você?:

Grafeno, a revolução 4.0 ✰ Artigo de Roque Servignini

O Brasil pode virar protagonista e vanguarda na aplicação de uma tecnologia, cuja a base dela é um produto 200 vezes mais resistente do que o aço, sete vezes mais leve que o ar, mais condutor do que o cobre e o material mais transparente já visto e flexível. 
Matéria-prima não faltará, pois, o Brasil possui 48% das reservas mundiais deste produto. O Brasil precisa apoiar a pesquisa e a aplicação deste fenômeno chamado Grafeno. A Universidade de Mackenzie construiu recentemente um laboratório de 10 andares exclusivamente para estudar o Grafeno. Recentemente, uma comitiva de empresários e entidades foram conhecer este produto. A comitiva foi liderada pela prefeitura de Farroupilha, por meio da Secretaria de Desenvolvimento Econômico. A intenção da missão foi levar as indústrias ao encontro dessa nova tecnologia. 
Este produto ainda precisa ser estudado e testado para garantir seu espaço na acirrada concorrência que se avizinha dentro a da 4ª revolução. Grafeno, um produto que pode ser utilizado em telas de tablets e smartphones, mas poderá ser aplicado em setores da indústria automotiva, aeroespacial, biomédica, telecomunicações, eletrônica, de energia, de componentes e sensores etc. Estejamos atentos à anunciada revolução 4.0.

Paciente com histórico de doença mental na família

PTB desiste de indicar Cristiane Brasil para o Ministério do Trabalho

 
Após VEXAMES de Cristiane Brasil o pai ENVERGONHADO desiste da indicação da filha

O PTB anunciou há pouco a desistência da indicação da deputada federal Cristiane Brasil (RJ) para o comando do Ministério do Trabalho. Em nota à imprensa divulgada hoje (20) no Twitter, o presidente nacional do partido e pai da deputada, Roberto Jefferson, atribuiu a retirada da indicação à “indecisão da ministra [do Supremo Tribunal Federal] Cármen Lúcia em não julgar o mérito neste primeiro semestre”.
Segundo a nota, a decisão do partido “visa a proteger a integridade de Cristiane e não deixar parada a administração do ministério”. O PTB ainda não anunciou o nome que substituirá Cristiane Brasil na indicação ao comando da pasta.
Atualmente, a pasta é comandada pelo secretário-executivo, Helton Yomura, que tem acumulado as duas funções.
Indefinição
A nomeação de Cristiane Brasil foi anunciada pelo presidente Michel Temer no dia 3 de janeiro, mas a deputada foi impedida de tomar posse por força de uma decisão liminar do juiz Leonardo da Costa Couceiro, da 4ª Vara Federal de Niterói, proferida em 8 de janeiro.
O magistrado acolheu os argumentos de três advogados que, em ação popular, questionaram se a deputada estaria moralmente apta a assumir o cargo, após ter sido revelado pela imprensa que ela foi condenada pela Justiça do Trabalho a pagar mais de R$ 60 mil a um ex-motorista, em decorrência de irregularidades trabalhistas. Em seguida, a posse também foi suspensa por decisões da segunda instância da Justiça Federal no Rio de Janeiro e pela presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), ministra Cármen Lúcia.
Na semana passada, Cármem Lúcia definiu que cabe à Corte decidir sobre a posse de Cristiane Brasil no Ministério do Trabalho. Essa decisão, no entanto, não provocou mudança da indicação por parte do governo. Na quarta-feira (14), o ministro da Secretaria de Governo, Carlos Marun, reafirmou que o governo não desistiria do nome da deputada para a pasta do Trabalho.

Bolsonaro pode levar 42 deputados para seu partido! Sem barganhar cargos públicos!

Jair Bolsonaro começa fortalecer a sua base sem prometer nada!

Lula recorre contra decisão do TRF-4

 
O ex-presidente Lula apresentou, nesta terça-feira (20), recurso contra a decisão do Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF-4) no processo do triplex do Guarujá (SP). 
Como a decisão do Tribunal foi unânime, o recurso apresentado é de embargos de declaração, que não permite reverter a sentença.
O julgamento dos embargos de declaração costuma ser rápido, apesar de não ter prazo. No caso de Lula, será realizado pelos mesmos desembargadores da 8ª Turma: João Pedro Gebran Neto, Leandro Paulsen e Victor Luiz dos Santos Laus. 
A partir de agora, um mandado de prisão contra Lula pode ser expedido a qualquer momento.

O PT salvou o País da pobreza

Não dá mais para aturar Pezão no Governo do RJ

Ontem, um jornal do Rio de Janeiro tem a seguinte manchete em uma de suas páginas: "Servidores só receberão 13º no fim de março". A matéria explica que o pagamento, referente a 2017, depende da antecipação de royalties do petróleo, operação avaliada em R$ 1 bilhão e 600 milhões. Já não lembramos quantas vezes Pezão anunciou pagamentos de vencimentos atrasados provocados por ele mesmo e que foram remarcados para outros dias, também adiados por ele. 
Como o assunto do momento é a intervenção militar no sistema de segurança do Estado, talvez fosse o momento de Michel Temer fazer uma modificação no decreto estabelecesse uma intervenção total mandando-o para um descanso em Piraí, sua terra natal. Quem confessou publicamente sua perda do controle na luta contra a violência certamente não tem condições de administrar o restante da máquina do Estado. 
Pezão, você pode muito bem sair da vida pública e recolher-se à privada, qualquer que seja o sentido.

Nelson Barbudo lança sua pré candidatura pelo PSL-MT em apoio a Bolsonaro

O criminoso nas ruas

O PT emporcalhou São Paulo colando cartazes em defesa do criminoso condenado em segundo grau.
Os cartazes dizem:
“Não à prisão de Lula” e “Abaixo o golpe”.
A Folha de S. Paulo noticia que Alexandre Padilha “incentivou os militantes do partido à panfletagem, afirmando que a luta se dará nas ruas e os petistas não se envergarão. ‘Nós vamos até o fim. Eles vão ter que arrancar o Lula. Nós vamos estar lá juntos'”.

A vida como ela é

Cicatrizes.✰ Artigo do Coronel Maciel

Com a volta dos militares às “manchetes” dos jornais, volta também, com força total, a remoção das cascas de antigas feridas, que assim nunca ficarão cicatrizadas. 
A “Sandrinha” -- essa menina da Globo e antiga coleguinha do “Evaristo” -- os dois, de tão risonhos que eram, pareciam dois lindos pombinhos arrulhando -- ontem só faltou chorar pelos cotovelos (ela fala e chora pelos cotovelos) falando sobre e identidade das ossadas de um terrorista torturado e massacrado, coitadinho, por nós, militares; “mistério” só agora desvendado por cientistas criminais lá na Bósnia. 
Preparem-se que vem mais “descobertas” por aí. Eu, como não acredito em vidas após a morte, também não acredito que a situação do Brasil vá tão cedo melhorar; acredito que vá piorar. De modo que, sem fios de esperanças, só me resta matar o tempo escrevendo o que quero, quando quero, e agradecendo aos meus amados ouvintes que não se cansam de ler e de rir dos meus severos, mas sinceros “pesadelos”...

A esperança de um criminoso é a última que morre no STF ✰ Comentário de Felipe Moura Brasil

Manuela D’Ávila com saudades do Muro de Berlim

 
Manuela D’Ávila postou em seu Twitter, horas atrás, uma lista de mortes por armas de fogo que cita a “Alemanha Ocidental” –país que não existe desde 1990, quando o comunismo ruiu e as Alemanhas se reunificaram.
Talvez não tenha sido um ato falho. O mais provável é que o mundo mental da deputada –e do PC do B– tenha parado em 1989.

Mulheres. Difícil entendê-las

Sargento do Exército reage a assalto e é morto no RJ

 
Sargento dirigia seu carro na via no momento em que criminosos faziam um arrastão; outros três motoristas foram assaltados
Um militar do Exército morreu na manhã desta terça-feira, 20, após uma tentativa de assalto na antiga Estrada Rio-São Paulo, no acesso para a avenida Brasil, altura de Campo Grande, na zona oeste do Rio.
O crime ocorreu na antiga Estrada Rio-São Paulo, no acesso para a avenida Brasil, altura de Campo Grande, na zona oeste do Rio.
Segundo a Polícia Militar, o crime ocorreu por volta das 5 horas da manhã, próximo ao quartel da Marinha e antes do Viaduto Oscar Brito. Outros três motoristas que estavam na estrada também foram assaltados.
De acordo com 40º BPM (Campo Grande), Bruno Albuquerque Cazuca, de 35 anos, dirigia seu carro na via no momento em que criminosos faziam um arrastão. O sargento reagiu ao assalto e foi baleado. O local foi isolado para realização da perícia da Delegacia de Homicídios da Capital.

21 de Fevereiro - Dia Internacional do Guia de Turismo

terça-feira, 20 de fevereiro de 2018

No Habeas Corpus de Lula o STF livrará todos os corruptos de estimação de cada ministro? ✰ Artigo de Sérgio Alves de Oliveira

Excepcionalmente, estou começando esse texto pelo seu fim. Mesmo consciente de estar maltratando a ordem lógica de um raciocínio, onde a CONCLUSÃO deve ser precedida primeiro pela premissa maior e depois pela premissa menor, resolvi inverter essa ordem. Tudo significa que a minha conclusão já está no título do artigo. E vou explicar os porquês.
A corrida contra o relógio entre a VERDADEIRA JUSTIÇA BRASILEIRA e o seu “algoz”, o SUPREMO TRIBUNAL FEDERAL, parece estar entrando na “reta final”.
O Acórdão da 8ª Turma do TRF-4, confirmando a sentença e aumentando a pena da condenação de Lula, prolatada pelo Juiz Federal Sérgio Moro, de Curitiba, foi alvo de recurso de “embargos de declaração”, e brevemente será julgado pela própria “Turma” recorrida.
Conforme orientação vigente do próprio STF, tão logo julgado o recurso em trâmite, confirmando a sentença no órgão colegiado, deverá ser expedida e executada a ordem de prisão para Lula.
Ocorre que ao mesmo tempo tramita um “habeas corpus” de caráter preventivo que já foi “fulminado” no Superior Tribunal de Justiça, mas cuja decisão foi alvo de recurso ao STF e será julgado por esse tribunal em sessão “Plenária”, ou seja, por todos os Ministros do STF.
Mas em toda a história da Justiça Brasileira nunca se teve tanta certeza sobre o resultado de uma decisão judicial como essa que é esperada em relação ao “habeas corpus” preventivo de Lula. É absolutamente certo que ele será julgado procedente, livrando Lula da cadeia, até quando “só Deus sabe”, ou seja, trocando em miúdos, para sempre.  Definitivamente, LULA NÃO SERÁ PRESO. Nunca.
A única possibilidade do ex-Presidente ser preso seria por poucos dias, caso a decisão do Supremo, concedendo-lhe o “habeas”, retardasse e saísse após a sua prisão consumada. Mas em seguida ele estaria solto. O “preventivo” do habeas corpus passaria a ser “corretivo”.
Mas muito mais que o “peso” do nome de Lula, e todo o prestígio que ele e o PT conseguiram angariar na política e no próprio Supremo, onde inclusive é responsável direto pela nomeação de vários dos seus membros, está o “peso” de várias centenas de outros políticos, também enleados, a exemplo de Lula, com a Justiça (Lava Jato, etc.). E tem muita gente “boa”, dos altos escalões de Poder da República, inclusive Ministros (de Governo e Tribunais), Senadores, Deputados, e talvez até “Presidentes da República”, dentre outros, numa ansiosa expectativa, na “torcida” por Lula. Mas na verdade estão torcendo por si mesmos. Sabem que o “amanhã” sempre chega. E hoje já se sabe quase com precisão científica, devido à intensa divulgação pela imprensa, ”quem é ligado a quem”, e quem está comprometido com fulano ou beltrano.
No fundo, no fundo mesmo, durante o julgamento do “Habeas Corpus” de Lula, todos os olhos dos Excelentíssimos Senhores Ministros estarão voltados também para uma imensa coletividade de corruptos, cada qual com a sua “ligação” específica, não só para Lula. Lula será o centro da discussão. Mas os julgadores estarão olhando muito além desse “horizonte”. E Lula acabará sendo o “salvador-da-pátria”. Da “pátria” dos corruptos, melhor explicado. Será a “tábua de salvação” deles.
Mas a essa altura dos acontecimentos a “pátria dos corruptos” passará ser integrada em conluio também pelos membros do Supremo Tribunal Federal que homologaram essa vergonheira. Alguém ainda duvida que o “habeas” de Lula será acolhido?
Sérgio Alves de Oliveira - Advogado e Sociólogo

Rede Globo ataca Bolsonaro

Tentando ser PRESIDENTE, Barbosa se faz de simpático com o povão mas o seu passado CONDENA

Até pouco tempo, Joaquim Barbosa nem sequer cogitava em atender um pedido de fotografia. Mas o ex-presidente do STF e presidenciável, tem se mostrado uma pessoa mais dócil. Seguindo a linha dos políticos atuais.
O prazo para Barbosa se filiar a algum partido é até o dia 7 de abril. O namoro com o PSB esta avançado. O ministro esta empolgado como resultado de uma pesquisa que chegou às mãos dele o colocando entre candidatos com bom potencial de crescimento, e ainda com o segundo menor índice de reprovação.
Outro dado da pesquisa recebido com empolgação tinha a ver com o currículo de Joaquim no Judiciário. O combate à corrupção foi apontado como a qualidade mais importante que um presidente deve ter. O ex-ministro, por seu histórico, não precisaria de muito para convencer o eleitorado.

Felipe Moura Brasil entrevista Jair Bolsonaro

RJ - O crime organizado não quer publicidade

Li na imprensa que a semana passada, na cidade do Rio de Janeiro, uma senhora descia do seu carro e foi assaltada. Os bandidos levaram o carro com tudo que ela tinha dentro. O veículo é brindado e tinha um sistema de localização. A mulher fez uma varredura e descobriu que seu carro estava em uma determinada favela carioca. Foi a polícia, comunicou o fato e, ao dizer onde poderiam encontrar o seu automóvel, ouviu o seguinte: “moça ali nós não podemos entrar”. Ela questionou, questionou, mas não houve acordo.
Foi a companhia de seguro a fim de obter apoio e pressionar a polícia, aí ouviu o seguinte: "é melhor a senhora dar entrada na Apólice para receber o dinheiro, ali não tem condições de a polícia subir".
Porém, o que se ouve é que o General Braga Neto, vem dizendo a imprensa que a situação do Rio não é tão ruim quanto parece e que a imagem da crise é afetada pelo noticiário. Pelo visto, para o Interventor, é tudo circo e a mídia é a responsável. Só tomara!

Livros do Regime Militar e livros do (des)governo do PT


Forças de segurança nas divisas do RJ para tentar prender quem estiver fugindo

Ação conjunta nas divisas do estado do Rio de Janeiro conta com 3 mil militares

A primeira grande operação conjunta após o decreto de intervenção foi desencadeada na noite desta segunda-feira (19), nas divisas do estado do Rio com demais estados da região Sudeste. Mais de 3 mil integrantes do Exército, da Marinha e da Aeronáutica, com policiais civis e militares, homens da Força Nacional de Segurança e da Polícia Rodoviária Federal (PRF), montaram pontos de bloqueio e fiscalização nas vias de acesso ao Rio.
Um dos temores demonstrado por governadores de São Paulo, Minas Gerais e do Espírito Santo é o de que criminosos tentem fugir do Rio de Janeiro, com a intervenção federal na segurança pública, buscando refúgio nos estados vizinhos. A operação é uma forma de tentar prender quem estiver fugindo do Rio, além de impedir a entrada de armas e drogas.
De acordo com nota distribuída pela Secretaria de Segurança do Estado (Seseg), há operações na BR-101, nas divisas ao norte e ao sul do estado, e na região de São Gonçalo – nas comunidades do Salgueiro e Jardim Catarina. Também há pontos de bloqueio na BR-116, nas divisas nordeste e ao sul do estado, além de trechos da Baixada Fluminense. As ações também englobam a BR-040, nas divisas a oeste do estado, e patrulhamento ao longo do Arco Metropolitano.
A Seseg especificou que as ações estão contidas no âmbito do decreto presidencial de Garantia da Lei e da Ordem (GLO) para ações em apoio ao Plano Nacional de Segurança Pública, assinado em 28 de julho de 2017. O efetivo tem apoio de aeronaves e veículos blindados.
“Algumas vias e acessos nas áreas de operações podem ser interditados e setores do espaço aéreo poderão ser controlados, oportunamente, com restrições dinâmicas para aeronaves civis. Não há interferência nas operações dos aeroportos. As instituições envolvidas nas operações estão acompanhando e orientando, em tempo integral, os desdobramentos no Comando Militar do Leste, a partir das 17 horas de hoje, e no Centro Integrado de Comando e Controle, a partir das 5 horas do dia 20 de fevereiro”, esclareceu a nota.

O fim de Gleisi Hoffmann! ✰ PF descreve em vídeo o caminho do dinheiro até ela

 
Gleisi Hoffmann e Paulo Bernardo dificilmente escaparão da condenação ✰ Comentário de Augusto Nunes

Magistrado nega 47 pedidos da defesa de Eduardo Cunha

O juiz Vallisney de Souza Oliveira, da 10ª Vara Federal de Brasília, negou de uma só vez 47 pedidos apresentados pela defesa do ex-presidente da Câmara Eduardo Cunha (PMDB-RJ).
Entre as solicitações indeferidas está uma para quebrar o sigilo do celular do empresário Henrique Constantino para verificar se o presidente Michel Temer pediu adiantamento para a campanha de Gabriel Chalita à prefeitura de São Paulo, em 2012.
O magistrado é o responsável pela ação que trata de desvios na Caixa Econômica Federal e negou esse pedido por "não ter qualquer pertinência com o objeto do presente processo". Foi nessa ação que o Ministério Público Federal pediu, em janeiro, a condenação de Cunha a 386 anos de prisão.

Não acreditem nesta foto. É montagem...

Lula querendo denegrir ainda mais a imagem de Hitlher

Ministra dos Direitos Humanos, Luislinda Valois entrega o cargo

 
O governo Temer terá que conviver mais uma baixa em seu ministério. Nesta segunda-feira (19), a ministra dos Direitos Humanos, Luislinda Valois, entregou o cargo. A informação foi confirmada pela Secretaria Especial de Comunicação Social da Presidência da República.
De acordo com informações da TV Globo, o atual subchefe de Assuntos Jurídicos da Casa Civil, Gustavo do Vale Rocha, deve ser o substituto imediato no comanda da pasta e vai acumular as duas funções.
Luislinda Valois estava no Ministérios dos Direitos Humanos desde fevereiro de 2017. Mas ficou marcada por solicitar a incorporação de seu salário de ministra com o de desembargadora aposentada, pois estaria “trabalhando em regime de escravidão”. Juntos os vencimentos superariam a casa dos R$ 61 mil.
Em dezembro do ano passado, a então ministra pediu desfiliação do PSDB para permanecer no cargo mesmo após o desembarque dos tucanos do governo. Alvo de polêmicas e criticada no Planalto por ter uma atuação “apagada”, Luislinda, no entanto, já estava praticamente descartada na equipe. Temer buscava apenas um substituto.
Com a saída de Luislinda Valois, o governo Temer já registra 16 baixas em pouco mais de um ano e meio.
Confira a integra da nota: 
“Nota à Imprensa
A ministra dos Direitos Humanos, Luislinda Valois, entregou o cargo na tarde de hoje. Responderá interinamente pela pasta o chefe da Subchefia para Assuntos Jurídicos da Casa Civil, Gustavo do Vale Rocha, que acumulará ambas as funções. 
Secretaria Especial de Comunicação Social da Presidência da República”

O povo venceu. A reforma da Previdência ficou para o próximo governo ✰ Comentário de Cristiana Lobo

União de forças na intervenção ✰ Artigo de Luciano Zucco

Por décadas, as autoridades combateram a escalada da violência com medidas paliativas. O crime se organizou, reuniu-se em facções e expandiu seus negócios. Por outro lado, os investimentos em segurança pública foram minguando com o passar dos governos. As forças policiais, sejam civis ou militares, enfrentam o sucateamento logístico e humano. Os equipamentos e armamentos não conseguem acompanhar os arsenais de ponta das quadrilhas. 
Hoje começamos a reagir e declaramos guerra aos inimigos da sociedade.
Os efetivos do bem já são bem menores do que os regimentos do mal. O soldado do tráfico não precisa de concurso público, apenas do batismo na vida do crime. Até a burocracia está nos matando. E viemos morrendo pouco a pouco nesses anos todos. Colocamos trancas nas portas, grades nas janelas, alarmes nos carros. Deixamos de sair à noite. Nada disso surtiu efeito. A violência extrapolou as periferias, avançou sobre os bairros de classe média e se instalou bem no meio dos mais abastados. E o nosso amigo policial, que em outros tempos era o herói, passou a ser o bandido com as teses enviesadas e desonestas da política de Direitos Humanos. Hoje, só um lado atira sem ter que se explicar. Quando o PM revida, lá vem um Inquérito Militar. Mas a verdade um dia aparece e cobra caro. Hoje é a sociedade do Rio de Janeiro que pede clemência, que chora seus mortos inocentes e clama por dias melhores. É aquela máxima: quando nada der certo, chame os militares, o braço forte para as horas difíceis. Diante de tanta descrença, seja nos políticos ou nas instituições, existe uma ilha de credibilidade chamada Forças Armadas.
Já atuei em missões de paz nas favelas cariocas e posso afirmar com toda a tranquilidade: o inferno que presenciei lá não difere do que hoje acontece em outros Estados, como no Rio Grande do Sul. Porque o crime está conectado, usa os mesmos métodos e equipamentos. PCC, CV, ADA, Bala na Cara. São todas faces diferentes da mesma moeda. Hoje começamos a reagir e declaramos guerra aos inimigos da sociedade. Chegou a hora da sensatez.
Luciano Zucco

Mobilização pelo voto impresso - 21 fev 2018 - Recife PE

Luana Piovani terá que pagar R$ 747 mil por contas reprovadas na Lei Roaunet

Luana Piovani tem feito sucesso com seu canal no YouTube, onde divide sua intimidade e tira dúvidas de fãs.
Agora, porém, terá que lidar com outro tipo de questionamento: o Ministério da Cultura está cobrando R$ 747 mil da atriz por causa da peça "O pequeno príncipe", produzida e protagonizada por ela em 2006 por 17 cidades do país.
O projeto, que contou com o incentivo da Lei Rouanet, teve a prestação de contas reprovada. De acordo com o ministério, há "divergência entre as notas fiscais apresentadas e a relação de pagamentos informada". Luana pode recorrer.

Policiais são presos após denunciarem impunidade em Maceió ✰ #FernandaSalles

Filhos de Lula se ”matam” por herança de Marisa Letícia

O inventário de Marisa Letícia Lula da Silva deu problema.

Não está havendo harmonia entre os herdeiros, que não estão conseguindo chegar a um acordo com relação a divisão de bens.
Diante desse imbróglio, os advogados da família Lula da Silva pediram um prazo complementar de 60 dias, afim de possam negociar entre os herdeiros as pendengas existentes. Veja o documento protocolado na Comarca de São Bernardo do Campo:
Marcos Cláudio Lula da Silva, filho de Marisa e enteado de Lula, entrou em conflito com os demais irmãos, Fábio, Luís Claudio e Sandro, filhos de Marisa e Lula.
Segundo a fonte do Jornal da Cidade Online, o rapaz está se sentindo em desvantagem e preterido pelos demais herdeiros.
Marcos é filho de Marisa Letícia com seu primeiro marido, um taxista, que morreu assassinado em um campo de futebol.
Sua relação com os irmãos sempre foi bastante amistosa, porém, presentemente, parece que tudo se modificou.
Nesse prazo de 60 dias, já deferido, a relação de bens deverá ser apresentada, juntamente com uma proposta de partilha.
Os advogados também requereram o sigilo processual, mas não obtiveram êxito.
Ainda segundo a fonte, por detrás da discussão em torno dos bens deixados pela finada, existem outros problemas também envolvendo bens, que Marcos Cláudio tem exigido uma solução. A briga promete.

Sugestão para o Horário Eleitoral Gratuito

Boeing cria o metal mais leve do mundo, com 99,99% de ar

Há alguns anos, pesquisadores da Boeing criaram um metal mais leve do mundo, que é de 99,99% de ar. A Boeing chama este metal de microlattice e é 100 vezes mais leve que um isopor. 
Embora muito leve, o microlattice é tão rígido como qualquer outro metal. O microlattice é uma estrutura de polímero de células abertas. A estrutura do metal é constituída por tubos metálicos ocos interligados. O metal é muito rígido, apesar do fato de que a espessura da parede dos tubos ocos é apenas de 100 nanômetros, que é 1000 vezes mais fino do que um cabelo humano. O que é interessante sobre este projeto é a inspiração por trás dele. A Boeing esta fascinada pela natureza dos ossos humanos. Ossos humanos são muito rígidos por fora, mas quase completamente oco por dentro. Esta natureza não só faz com que o osso seja muito difícil de quebrar, devido à sua rigidez, mas também significa que o osso é suficientemente leve para ser suportado pelo corpo humano.
“Uma das principais aplicações que temos visto estudar é para componentes estruturais na indústria aeroespacial”, disse Sophia Yang, uma pesquisadora do HRL Laboratories. HRL Laboratories trabalharam em conjunto com a Boeing no projeto microlattice. “O truque é fabricar uma rede de tubos ocos interligados com uma espessura de parede de 100 nanômetros, 1.000 vezes mais finos que um cabelo humano”, segundo o Dr. Tobias Schaedler da HRL Laboratories. HRL diz que o metal pode ser usado dentro de uma aeronave, em lugares como nos bancos, paredes e pisos. Outro ponto importante, com menor peso, o consumo da aeronave será menor. Isto irá resultar em redução de custos de operação. HRL também está trabalhando em utilizar a tecnologia com a NASA em futuros projetos de naves espaciais.

20 de Fevereiro - Dia de Amar seu Animal de Estimação

segunda-feira, 19 de fevereiro de 2018

E a intervenção militar no Rio de Janeiro...

O desgoverno de Michéu Temeroso resolveu mostrar serviço e decretou uma tal intervenção militar no Hell de Nojeira.
Intervenção meia boca, cá entre nós.... Intervir no estado e não afastar os políticos que infestam o poder e nem fechar a assembleia é enxugar gelo, porém a população precisava de algum tipo de satisfação dos governantes e como sempre resolveram fazer circo para o povo palhaço. Colocar a milicada nas ruas é mais do mesmo, quantas vezes já fizeram isso e a situação não mudou? Pois é..
O que precisamos é leis mais duras, o fim dos privilégios nas cadeias e a execução sumária de quem for pego portando arma de guerra. Simples assim.
Não dá para colocar um piano na entrada da favela e juntar uma porrada de "Grobaus" cantando "Imagine" para que os bandidos entreguem suas armas. Estamos em um estado de guerra e na guerra a violência se combate com violência. MAS!!! A vermelhada do quanto pior melhor e os politicamente corretos filósofos de botequim querem que tudo seja resolvido com civilidade e sem violência. Idiotas!!
Desde a transferência da capital federal para Brasília que o Hell de Nojeira vem falindo, não é de hoje que vemos a coisa degringolando na terra da malandragem e malemolência tão cantados em versos e prosas. Esse negócio de achar que a malandragem carioca é algo positivo levou a essa situação.
Um estado que perdeu a mão e deixou a contravenção tomar conta não pode dar certo. A Máfia Italiana que se espalhou por alguns países pelo mundo quando percebeu que a venda de drogas era altamente lucrativa mudou o rumo e se tornou ainda mais violenta. Certo que a "Camorra" virou um bando de adolescentes que colocam fogo em cesto de lixo no banheiro da escola perto dos traficantes do Hell de Nojeira.
O tráfico financia a eleição de muitos políticos, inclusive da esquerda ou, principalmente da esquerda. Afinal é a esquerda que dá cobertura para que o crime continue faturando alto com a tragédia humana.
Brizola foi o gatilho para o desmonte do estado do Hell de Nojeira, após a eleição do verme o carioca passou a fazer experiências eleitorais que chegam a arrepiar. Entre elas Garotinho, Cabrais, Beneditas entre tantos outros aventureiros. Um cidadão que tem o singelo nome de Pezão não pode ser melhor do que nada. Mas...
A sociedade carioca está pagando um preço alto demais pela própria omissão, quando vemos um estado falido e milhões de pessoas nas ruas atrás de um bloco de carnaval percebemos que não tem mais retorno sem uma medida drástica e autoritária. O povo se tornou tão alienado que convive com a falência do estado de direito e ainda dá risada de tudo. Parte desse processo é a implantação do comunismo em Terras Brasilis. Acabar com o estado de direito e esculhambar a família e a sociedade tornam ainda mais fácil a implantação do regime. E a esquerda está fazendo a lição de casa com primor.
Jogar a milicada nessa furiosa é uma puta sacanagem. Não mudaram leis, não deram garantias para os soldados que talvez tenham que promover alguns encontros entre os vagabundos e o capeta e tudo vai na base do "nas coxas". Quando essa presepada acabar é bem possível que alguns grupos dos direitos 'dus manus' apoiados pelo que há de pior na política Tupiniquim comecem a abrir processos contra os soldados. E a sucateada, falida e injusta justiça irá acatar as demandas com rapidez espantosa, afinal sucatear a justiça também faz parte dos planos dos comunistas.
Quando os políticos e a justiça no poder central começam a derreter a ética, a honestidade e a democracia não sobra muita coisa para o resto do povo. Querer que policial que leva tiro de vagabundo, que ganha mal pracaraleo, que mora na favela e que é espezinhado em tempo integral pela imprensa marrom seja honesto é pedir um pouco demais até para os arautos da moralidade.
O polícia acaba se tornando corrupto e é cooptado pelo crime por causa das próprias necessidades e essa relação doente acabou se tornando rotina no país.
Jogar a milicada para fazer o serviço sujo quando os policiais do estado se tornaram olheiros do crime organizado é condenar a morte jovens soldados que em muitos casos estão lá por obrigação engajados nas forças armadas por conta da tal obrigação de se alistar aos 18 anos.
Essa intervenção não vai dar em nada, teremos ainda mais violência contra a população e o mais bizarro, é ver que a própria população bobinha vai filmar as ações dos militares para colocar em rede social atrapalhando um bocado a solução para toda essa merda.
A população do Hell não quer mudanças, está bom do jeito que está, tendo festa, futebol, praia e cerveja o que são alguns mortos por balas perdidas, alguns arrastões ou assaltos? A cidade é maravilhosa e isso basta. O governo não tem que se meter na bandalheira, no tráfico e na bagunça que virou o estado. O que o povo quer é festa!!!
A esquerda e os comunas se cagando com a ideia de intervenção militar já começaram a fazer o trabalho sujo de falsear notícias e filmar apenas o que interessa para poder criar factoides que corroborem as mentiras criadas para enterrar de vez a democracia.
E essa conversa que a intervenção é para desviar o foco da reforma da previdência é tão mau caráter que chega a ser assustadora.
Enfim...Todo esse circo vai acabar em águas de batatas como as UPPs da copa do mundo ou os militares nas olimpíadas o tráfico vai continuar mandando e a unica coisa realmente organizada no Bananal continuará sendo o crime.

Ciro Gomes também é honesto!

 
Ciro Gomes aparece em planilha de propinas da Odebrecht com o apelido "Sardinha"

Quem é o general que vai comandar a intervenção federal no Rio de Janeiro

A partir desta sexta-feira (16), a segurança pública do Rio de Janeiro deixa de ser uma responsabilidade do estado e passa a ser comandada pelas Forças Armadas. O controle da operação fica a cargo do general Walter Souza Braga Netto, chefe do Comando Militar do Leste, que responde por 24% do efetivo militar terrestre do país.
Com isso, o governador do Rio de Janeiro, Luiz Fernando Pezão, deixa de ter voz na segurança pública do estado e a gestão das polícias, os bombeiros e a área de inteligência do Estado, bem como todas as decisões relacionadas ao combate à violência no Rio ficam sob o comando de Netto.
Natural de Belo Horizonte (MG), Braga Netto foi um dos responsáveis pela segurança durante os Jogos Olimpícos e Paralímpicos do Rio, quando atuou como coordenador-geral da assessoria especial para os jogos do Comando Militar Leste.
Antes disso, comandou o 1º Regimento de Carros de Combate, foi chefe do Estado-Maior da 5ª Brigada de Cavalaria Blindada e do Comando Militar do Oeste e foi comandante da 1ª Região Militar (Região Marechal Hermes da Fonseca). Ele assumiu o Comando Militar do Leste em setembro de 2016.
Segundo o Ministério da Defesa, a unidade coordena as atividades administrativas e logísticas do Exército Brasileiro nos estados do Rio de Janeiro, Minas Gerais e Espírito Santo. O comando compreende 141 organizações e mais de 50 mil militares — o que torna o Comando Militar Leste a maior concentração de tropas e escolas militares da América Latina.
O que pensa o general
Em uma palestra no Centro Cultural Justiça Federal (CCJF), em 28 de agosto do ano passado, Netto afirmou, segundo nota do Tribunal Regional Federal da 2ª Região, que vê com reservas o uso das Forças Armadas em conflitos internos do país devido aos seus elevados “custos financeiros, social, de imagem e até psicológico”.
Mas, segundo ele, os militares sempre estão sempre prontos para cumprir seu dever e que ações do tipo têm resultados positivos na contenção da criminalidade.
Esta é a primeira vez desde a promulgação da Constituição de 1988 que o governo decreta uma intervenção federal do tipo. A medida foi oficializada por meio de decreto nesta sexta-feira (16). A partir de agora, o Congresso Nacional tem um prazo de dez dias para aprovar a decisão.
“Muita mídia”
Após ser nomeado interventor na segurança pública do Rio de Janeiro, o general Walter Souza Braga Netto, afirmou que a situação da violência no estado não está tão ruim. Segundo ele, há “muita mídia” em cima do assunto.

Como a Globo ENVERGONHA o Brasil! ✰ Comentário de Kaká Siqueira

Kaká Siqueira perde a paciência ao falar de cenas das novelas da Rede Globo na Rádio ABC! 
Confira no vídeo!

Intervenção no desfile do Paraíso do Tuiuti

Sensação do desfile da escola de samba Paraíso do Tuiuti, vice-campeã do carnaval do Rio, o "vampiro" Temer não desfilou de faixa presidencial no Sábado das Campeãs. A Presidência da República acionou a Liga das Escolas de Samba (Liesa), que por sua vez "convenceu" os dirigentes da agremiação a desistirem da faixa. Foi a primeira intervenção, antes das Forças Armadas irem para as ruas. Aliás, com faixa ou sem faixa, o vampiro Temer entrou para a história do carnaval, viralizou nas redes sociais, e se transformou numa das principais notícias do carnaval 2018. 
Aliás, queria saber quem foi o "pai" da ideia "luminosa" de forçar a escola de samba a tirar a faixa presidencial. Até parece que mudou alguma coisa. Pelo contrário gerou outra notícia negativa. Isso cheira a Moreira Franco, responsável pela comunicação do governo, e que adora mostrar serviço com bobagens. O resultado foi o mesmo que tentar apagar um incêndio jogando gasolina.

Você só tem uma escolha diante da mesmice

Prioridade da intervenção: combater corrupção policial

“Não podemos fazer intervenção só do lado de fora, nas ruas; precisamos intervir também dentro das polícias.”
Foi o que disse uma das autoridades federais em reunião na sede do governo do Rio sobre a missão das Forças Armadas no estado, segundo O Globo.
De acordo com a fonte do jornal, Michel Temer e o general interventor Walter Braga Netto deixaram claro que o combate à corrupção se tornou uma prioridade.
Agora é preciso aplicar um modelo de ação que permita a “limpeza” nas polícias Militar e Civil fluminenses.
“Existe a possibilidade de o presidente assinar um decreto suplementar nos próximos dias, detalhando o poder de atuação de Braga Netto. Isso é uma reivindicação de oficiais, que querem garantir carta branca para o general tomar todas as decisões que julgar necessárias.
Fontes do Planalto disseram que, para Temer, está claro que é preciso reestruturar as polícias do Rio. No entanto, o governo vem tendo muito cuidado ao tratar do tema, para não causar reações dentro das corporações.”
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...