quinta-feira, 23 de novembro de 2017

A tragédia da infância no Brasil dos vagabundo petistas - Meninos se beijam na boca em festa de aniversário com bolo do Pabllo Vittar

Circula pela internet um vídeo com dois meninos, um deles de 14 e outro de 12 anos, se beijando na boca numa festa de aniversário com "bolo do Pabllo Vittar" e cantando uma versão gay de "parabéns a vocês" - até agora, Conselho Tutelar, Ministério Público e grande imprensa vagabunda petista do Brasil em silêncio total.

Rádio Bandeirantes entrevista Jair Bolsonaro (22/11/2017)

Comportamentos frívolos ✰ Artigo de Miguel Lucena



Uma notícia e um vídeo que circularam na imprensa e nas redes sociais mostram que a sociedade brasileira está cada vez mais frívola, valorizando o superficial e dando vazão aos comportamentos desagradáveis.
Ganhou destaque no noticiário a expulsão de um adolescente do Colégio Adventista da Asa Sul por adotar a brincadeira de mau gosto de futucar o traseiro dos colegas. O advogado do garoto argumentou que ele estava apenas revidando o que os outros lhe fizeram.
Tanta coisa boa para fazer na escola, nos horários livres, como tocar, cantar, conversar e paquerar, e os rapazes ocupam o tempo em dar dedada uns nos outros.
Já o vídeo, de dois meninos de 12 anos se beijando na boca e partindo um bolo de aniversário, revela o efeito manada: a adoção de um comportamento por imitação, por estar na moda, porque passou na televisão ou porque os amigos e colegas acham bonito.
Parece que, nas entrelinhas de tudo, há um estímulo a comportamentos desviantes do que se convencionou como normal, a pretexto de se questionar a ordem estabelecida.
Alguém dirá que uma dedada não é nada diante do atentado violento ao pudor que se pratica diariamente contra a sociedade nas altas esferas do poder, mas é nos pequenos gestos que o mal se instala. Que a brisa da bondade volte a soprar na Linha do Equador.
Miguel Lucena - Delegado de Polícia Civil do DF, jornalista e escritor.

#Nós somos Bolsonaro!

Brasília está podre e no Rio de Janeiro, o crime organizado é quem manda

A situação do Rio de Janeiro é tão crítica, mais tão crítica que na última terça-feira (21), a procuradora-geral da República, Raquel Dodge chegou a dizer, que o Estado vive um “clima de terra sem lei”. E, na mesma terça, participando de um evento em Curitiba, o juiz Sérgio Moro também falou sobre a corrupção no Rio. Ele disse que esquemas de corrupção parecidos com o da Petrobras podem ter se espalhado pelo país.
Envergonhado e revoltado, o povo do Estado do Rio de Janeiro já não sabe mais o que fazer. Nos morros que contornam uma das cidades mais lindas do mundo, o traficante, a droga e o Funk são os donos do pedaço. Se parte para o Palácio da Guanabara, ‎sede do governo do Estado, sente cheiro de enxofre, de corrupção e de mafiosos. Creiam! Hoje, Três ex-governadores que passaram por ali, estão presos: Sérgio Cabral, Anthony Garotinho e Rosinha sua esposa e ex-governadora.
O Bandidão Sérgio Cabral nunca mais saiu da cadeia. Já está condenado a 72 anos de prisão. Garotinho reconquistou a liberdade, mas foi preso novamente e divide, mais uma vez, o presídio com o ex-aliado.
Nas redes sócias corre uma piada muito engraçada, contudo, bem analisada é, totalmente, verdadeira.
Voltando da escola o garoto pergunta: mãe no Rio se começa a roubar desde Garotinho? E a mãe responde: não meu filho, é desde de Cabral; aí o garoto diz: e eles tem mão grande? Não, eles têm Pezão.
Nesse caso, a piada poupa Rosinha, mas ela está tão presa e envolvida quanto os demais.

Segóvia é uma vergonha para a Polícia Federal ✰ Comentário de Marco Antonio Villa

MPF requer que TRF2 casse prisão domiciliar de Adriana Ancelmo

Tribunal pauta julgamento de recurso de ex-primeira-dama para esta quinta-feira
Prisão domiciliar para Adriana é “enorme quebra de isonomia” num universo de milhares de mães presas no sistema penitenciário sem igual benefício, sustenta MPF

O Ministério Público Federal (MPF) sustentou à Justiça que deve ser cassada a prisão domiciliar de Adriana Ancelmo, ex-primeira-dama do Estado do Rio condenada na Operação Calicute a mais de 18 anos de reclusão por associação criminosa e lavagem de dinheiro. 
Em manifestação ao Tribunal Regional Federal da 2ª Região (TRF2) sobre recurso da ré, o MPF argumentou que a concessão do regime domiciliar para a prisão preventiva (ligada à investigação, e não à pena) representa “enorme quebra de isonomia” num universo de milhares de mães presas no sistema penitenciário sem igual benefício. O julgamento do recurso está na pauta da 1ª Turma do TRF2 nesta quinta-feira (23).
O Núcleo Criminal de Combate à Corrupção (NCCC) do MPF na 2ª Região (RJ/ES) considerou a prisão domiciliar inadequada e desproporcional. Para o MPF, o interesse dos filhos menores da ré deve ser tão considerado quanto a situação social da família, para a qual trabalham diversos profissionais como babás, professores particulares e orientadores pedagógicos na escola onde estudam. Os filhos contam com a convivência com avós e acesso aos psiquiatras autores de laudos trazidos pela defesa.
“A prisão da ora embargante, a despeito de eventual efeito psicológico no desenvolvimento de seus filhos, não configura perigo maior a eles que o representado à formação de todos os menores cujas mães estão efetivamente reclusas”, afirmam os procuradores regionais do NCC/MPF na 2ª Região. 
De acordo com o MPF, a prisão preventiva é necessária, entre outros motivos, porque a liberdade da ré compromete a garantia da ordem pública e da instrução criminal, uma vez que torna altamente provável a continuidade da ocultação de patrimônio obtido ilicitamente por ela e pessoas próximas.
O MPF afirma que o Código de Processo Penal (art. 318) estabelece ser possível a substituição da prisão preventiva pela domiciliar para mães de menores de 12 anos, mas não em todos os casos. O entendimento nesse processo já foi corroborado pelo desembargador federal Abel Gomes, relator das ações da Lava Jato no TRF2, que citou o fato de que a ré fez diversas viagens sem os filhos e a gravidade de sua conduta, como apontaram as investigações.

Amar é...

Desmoralizada, a Justiça aceita recursos, embargos e outras coisa mais

O fato é que José Dirceu, Lula e alguns mafiosos de alta periculosidade nunca irão presos, pois estão fazendo a Justiça de boba e o povo brasileiro de idiota. O sujeito rouba, todo mundo sabe que ele roubou, as provas são mostradas, filmadas e desenhas, mas usando parte do dinheiro roubado, os corruptos pagam milhões a um batalhão de advogados que, de certa forma, usam de todos os artifícios para manterem seus clientes fora da prisão.
Enquanto isso, bandidos que roubam muito menos e não têm dinheiro para gastar com advogados, são enviados para penitenciárias fétidas, lá, melhoram o grau de periculosidade e depois de alguns anos trancafiados como animais, são postos nas ruas para matar, estuprar e degolar o cidadão comum. Sinceramente! Esse país nunca terá jeito, porque os Três Poderes juntos, estão destruindo o que ainda existe de bom, ou seja, a honestidade do contribuinte.
Li na imprensa, que o Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF4) julgou na manhã desta terça-feira (21) os recursos dos réus da Operação Lava Jato do núcleo da Engevix, entre eles o ex-ministro José Dirceu e o ex-diretor de Serviços da Petrobras Renato Duque.
A 8ª Turma negou os argumentos de Dirceu, do ex-presidente da Engevix Gerson de Mello Almada e do irmão de Dirceu Luiz Eduardo de Oliveira e Silva, mantendo a integralidade do acórdão julgado em 29 de setembro, que aumentou a pena de Dirceu para 30 anos, 9 meses e dez dias, por corrupção passiva e lavagem de dinheiro.
Com a decisão, Dirceu, que está solto desde maio por decisão do Supremo Tribunal Federal (STF), pode retornar à prisão. De acordo com o advogado do ex-ministro, Roberto Podval ainda é necessário aguardar a publicação do acórdão. “Temos que aguardar os embargos e, depois disso, ver o que será definido”, afirmou. Como houve divergência nos votos dos juízes da corte a defesa ainda pode apresentar embargos. kkkkkkkkk

Segóvia deu o recibo, publicamente, de que vai trabalhar por Temer ✰ Comentário de Claudio Tognolli

Governo teme que condenados sofram “danos físicos, sociais e psicológicos” por usarem tornozeleira eletrônica

No 17 de novembro de 2017, o Governo Federal publicou resoluções definidas pelo Conselho Nacional de Política Criminal e Penitenciária. No texto, entre outros temas, despontam as regras para a aplicação de tornozeleiras eletrônicas. E, mais uma vez, percebe-se que o poder público curvou-se às vontades das mentes mais criminosas do país.
A publicação define, por exemplo, que o monitoramento deve restringir-se “às mais graves violações de direitos humanos”. Mas precisa ser voluntário. E a aplicação deve “primar pelo uso de tecnologia menos lesiva, com equipamentos leves, discretos e anatômicos, com vistas a minimizar a estigmatização e demais danos físicos, sociais e psicológicos”. De quebra, ainda proíbe que o equipamento seja utilizado com “sentido de punição”.
Dentre outras, aceita como justificativa a possibilidade de uso de tornozeleira como alternativa a prisões lotadas.
Mais um pouco e o Conselho Nacional de Política Criminal e Penitenciária pediria desculpas ao condenado por fazê-lo quitar o que deve à sociedade.

Frase do maior imbecil que o mundo já produziu!

Hackers roubaram dados de 57 milhões de usuários do Uber

Segundo a companhia, informações financeiras, como dados de cartão de crédito, não foram roubadas
O Uber demitiu seu chefe de segurança, Joe Sullivan, e o vice-chefe, Craig Clark, pela forma como lidaram com a situação 

A Uber Technologies revelou que pagou 100.000 dólares a hackers para contornar um ataque cibernético que afetou 57 milhões de contas no ano passado.
Além dos nomes, e-mails e telefones de milhões de usuários, a licença de cerca de 600.000 motoristas foram violadas, de acordo com o Uber.
O Uber disse que informações financeiras, como dados de cartão de crédito, não foram roubadas. A companhia afirmou que vai notificar os usuários que tiveram as contas afetadas nos próximos dias.
O Uber disse que demitiu seu chefe de segurança, Joe Sullivan, e o vice-chefe, Craig Clark, pela forma como lidaram com a situação.

Temer recebe Dias Tóffoli no Palácio do Jaburu e defende Foro Privilegiado para ex presidentes

Câmara de São Paulo deve rejeitar nome de Marisa Letícia em rua

Com endosso do prefeito João Doria (PSDB), a Câmara Municipal de São Paulo deve rejeitar, até a próxima semana, projeto que batiza com o nome da ex-primeira-dama Marisa Letícia Lula da Silva, mulher de Lula, uma rua na Chácara Santo Antônio, na zona sul da cidade. A base de apoio de Doria decidiu, nesta quarta (22), fechar questão pela derrubada da proposta, que é encampada pela bancada do PT.
O prefeito nega que tenha pedido que os vereadores rejeitem a proposta do PT e diz que desconhece a existência desse projeto. O tucano nega ainda que tenha discutido o teor do projeto em mensagens com vereadores –uma delas foi exibida à reportagem. 
O projeto, de autoria original do vereador Reis, prevê a denominação dona Marisa Letícia para o prolongamento da avenida Chucri Zaidan até rua Laguna. A proposta foi aprovada em primeiro turno. Mas, como o prefeito rejeita a ideia, sua votação em segundo turno foi derrubada pelo vice-presidente da Câmara, o tucano Eduardo Tuma. 
Em consonância com Doria, Tuma trabalhou pela derrubada da sessão no dia 9. Desde então, a pauta está trancada. "Como é um projeto polêmico e tem rejeição de parte da casa, decidi derrubar a sessão para que não houvesse continuidade da votação. Fiz isso para evitar o constrangimento do prefeito em vetar", justificou Tuma. 
O próprio presidente da Câmara, Milton Leite (DEM), atua para inviabilizar a denominação da rua como Dona Marisa Letícia, morta em fevereiro de 2017. O PT apresentou seu projeto naquele mesmo mês. 
Oito meses depois, em outubro, Milton Leite propôs que a rua leve o nome do arquiteto Carlos Bratke, o que também não ocorrerá. 
Nesta quarta, Milton Leite procurou Reis para que o PT retirasse o projeto. Em troca, seria apresentada nova proposta, registrando uma praça em M' Boi Mirim, no extremo sul, com o nome de dona Marisa. 
Reis recusou o acordo, alegando já ter informado Lula sobre o projeto, que carrega a assinatura de toda a bancada petista. Como a votação está travada desde o dia 9, Reis afirma que obstruirá as sessões, discutindo cada um dos 80 projetos em pauta, caso a Câmara não leve o seu à votação. 
"Estarei em obstrução até o resto do meu mandato", diz o petista. 
Em resposta, os aliados de Doria se organizam para derrotá-lo até a próxima semana.
Catia Seabra - Folha de São Paulo

Sabem aquela mocinha que acusou Eduardo Bolsonaro de assédio sexual e Feliciano de estupro?

Ranking dos Políticos avalia Ana Amélia como a melhor da lista no Brasil

O site Ranking dos Políticos, ferramenta apartidária criada por empreendedores para avaliar o desempenho dos parlamentares, entregou hoje a premiação dos melhores colocados da lista.
A senadora Ana Amélia ficou com a primeira posição entre todos os 594 senadores e deputados do Congresso Nacional.

Gleisi "amante" Hoffmann será a rainha da bateria ✰ Um minuto com Augusto Nunes

Com general Mourão como vice, ninguém pedirá impeachment de Jair Bolsonaro

Segundo o Radar da Veja, o pré-candidato a presidência da República, Jair Bolsonaro, estaria cogitando o nome do evangélico Magno Malta como vice.
PapoTV sugere ao candidato uma ideia melhor:
Observando que já há muitas ameaças de que o ex-capitão do Exército não teria apoio no congresso para governar, e que rapidamente sofreria um impeachment, o general Mourão seria o nome perfeito para ser seu vice. 
Assim, nenhum corrupto ousaria pedir o seu impedimento.

15° Fuscaxias e 4º Sul Brasileiro de Kombis - Caxias do Sul RS

Estratégias de Noam Chomsky, coincidências?

Avram Noam Chomsky é um filósofo, cientista e ativista político norte-americano que elaborou a lista das “10 estratégias de manipulação” através da mídia; três delas se enquadram de maneira surpreendente na atual estratégia desses 14 anos de governo corrupto, com apoio da principal e maior emissora do país, a rede Globo de Televisão. Sabe-se que a grande maioria da população é alienada ou no mínimo acomodada, verdadeira massa de manobra dos sujos políticos que atuam no país.
Das dez estratégias de manipulação midiática de Chomsky, escolhi três para sintetizar esse meu comentário.
1- A ESTRATÉGIA DA DISTRAÇÃO. “O elemento primordial do controle social é a estratégia da distração, que consiste em desviar a atenção do público dos problemas importantes e das mudanças decididas pelas elites políticas e econômicas, mediante a técnica do dilúvio ou inundações de contínuas distrações e de informações insignificantes. A estratégia da distração é igualmente indispensável para impedir o público de interessar-se pelos conhecimentos essenciais, na área da ciência, da economia, da psicologia, da neurobiologia e da cibernética. “Manter a atenção do público distraída, longe dos verdadeiros problemas sociais, cativada por temas sem importância real. Manter o público ocupado, ocupado, ocupado, sem nenhum tempo para pensar; de volta à granja como os outros animais (citação do texto ‘Armas silenciosas para guerras tranquilas’)”.
Para isso temos futebol, carnaval, bundas de mulatas, novelas, além de pobres e ridículos programas de auditórios.
2- DIRIGIR-SE AO PÚBLICO COMO CRIANÇAS DE BAIXA IDADE.”A maioria da publicidade dirigida ao grande público utiliza discurso, argumentos, personagens e entonação particularmente infantis, muitas vezes próximos à debilidade, como se o espectador fosse um menino de baixa idade ou um deficiente mental. Quanto mais se intente buscar enganar o espectador, mais se tende a adotar um tom infantilizante. Por quê? “Se você se dirige a uma pessoa como se ela tivesse a idade de 12 anos ou menos, então, em razão da sugestão, ela tenderá, com certa probabilidade, a uma resposta ou reação também desprovida de um sentido crítico como a de uma pessoa de 12 anos ou menos de idade”.
3 – A ESTRATÉGIA DO DEFERIDO. ” Outra maneira de se fazer aceitar uma decisão impopular é a de apresentá-la como sendo “dolorosa e necessária”, obtendo a aceitação pública, no momento, para uma aplicação futura. É mais fácil aceitar um sacrifício futuro do que um sacrifício imediato. Primeiro, porque o esforço não é empregado imediatamente. Em seguida, porque o público, a massa, tem sempre a tendência a esperar ingenuamente que “tudo irá melhorar amanhã” e que o sacrifício exigido poderá ser evitado. Isto dá mais tempo ao público para acostumar-se com a ideia de mudança e de aceitá-la com resignação quando chegue o momento”.
Para comprovar a terceira estratégia temos a polêmica reforma da previdência (coisa para os futuros aposentados), os aumentos nas contas de gás ( só para o próximo ano devido a atual seca).
E é dessa maneira que essa corja dominante nos trata. Espero que em outubro tudo mude, mas para que isso aconteça temos de sempre lembrar que 2/3 do Senado é corrupto, que 3/4 da Câmara é igualmente corrupta, e que gira em trono do atual presidente uma leva de ministros igualmente corruptos. Não reeleja mais bandidos e se possível boicote essas emissoras que ajudam corruptos a governarem contra o povo em troca de benesses e de perdões fiscais. O Brasil merece coisas melhores.

23 de Novembro - Dia do Profissional da Dança

quarta-feira, 22 de novembro de 2017

Efeito Bolsonaro faz cair a máscara da grande mídia brasileira

A grande mídia brasileira já estava viciada naquele joguinho sórdido de petralhas vs. tucanos, controlado pelo Fernando Henrique Cardoso. Sim, ele é e sempre foi o chefão da estratégia dos comunistas. Há pouco foi chamado por uma universidade norte-americana para palestrar. Na verdade, para apenas para cair de pau em Bolsonaro. E isso é o bastante para comprovar que o establishment tupiniquim está, como nunca antes neste país, em frangalhos procurando de salvar da surra que está levando. Até agora não conseguiu um só nome palatável ao eleitorado brasileiro como candidato presidencial.
Prova desse desespero é que de vez em quando (não se sabe quem paga....) sai um turbilhão de pesquisas apontando Lula em primeiro lugar. Entretanto, nem o FHC acredita nessa empulhação. Velho de guerra, por isso já pediu penico para a banda podre da política norte-americana e também uma ajuda de seus comparsas do The Economist britânico e do bundalelê esquerdista Le Monde, da França. Mas isto é só o começo. Vêm mais coisas por aí de todos os veículos da mainstream media.
Portanto, é de se indagar: mas o Lula que sempre foi teleguiado por FHC, afinal, não está em primeiro lugar nas tais "pesquisas"? Isto não é suficiente? Não! Não é, porque não reflete a verdade. Se fosse a realidade dos fatos FHC estaria desfrutando o otium cum dignitate. Entretanto, está com o pé na estrada, no comando, em busca de algum milagre, procurando um tonel de água benta capaz de purgar a ação pecaminosa de praticamente toda a classe política brasileira.
Ao seu lado e sob o seu comando estão as vivandeiras comunistas dos grandes veículos de mídia, especializadas em "fake news". Esses jagunços do esquerdismo ainda pensam que escrevem e falam sozinhos para o grande público. Esquecem as redes sociais, blogs e sites independentes. Tanto é que tradicionais empresas jornalísticas como Rede Globo, Veja e IstoÉ, - para citar as mais notórias - repetem a cada final de semana matérias ridículas como essas que se refere e comenta em sua página do Facebook o presidenciável Jair Bolsonaro, conforme o vídeo acima.
A revista Veja, por exemplo, tem perdido um enorme contingente de assinantes e continua perdendo diariamente. Por isso resolveu assediar seus ex-assinantes, como no caso a minha irmã que vem sendo abordada de forma insistente pelos esbirros do Civita e seus sequazes. Minha irmã já cansou de receber inúmeros telefonemas do marketing da Veja. Disse a eles que não deseja renovar de jeito nenhuma a assinatura.
Para sua surpresa, a Veja está enviando a revista outra vez, embora minha irmã não tenha mais assinatura da revista. Já disse para eles que não quer mais. Nem de graça! Afinal, só os idiotas e/ou áulicos do FHC continuam lendo aquela porcaria. Nossa família estuda o que fará para se livrar para sempre da maldição dos Civita e seus sequazes.
O que acabo de escrever dá uma pálida ideia da deplorável situação em que os camaradas de FHC mergulharam o Brasil. Além da penúria e a paralisação da economia não dá mais nem para ler jornais e revistas ou ver televisão. Talvez seja por isso que os esquerdistas não falam mais em "controle social da mídia". Nenhum esquerdista vocifera Fora Temer! O Lula manda esconder o ônibus de sua caravana no pátio de Quartel da Polícia Militar de Minas Gerais...
A bem da verdade, se há algo que tem mobilizado e animado milhares de brasileiros nos últimos tempos é a pré-campanha de Jair Bolsonaro. Haja vista que mais de 2 mil pessoas carregaram o pré-candidato nos ombros no aeroporto de Belém do Pará na véspera do último feriadão. E não foi só lá. Há muito tempo isso vem acontecendo em todos os Estados em que o presidenciável tem aparecido.
Jair Bolsonaro é, sob todos os aspectos, um fenômeno político mas, por incrível que pareça isto não é pauta para o jornalismo brasileiro. Pelo contrário. Além de ignorar um fato eminentemente jornalístico, a grande mídia ainda produz "fake news" e usa os recursos do Photoshop e programas assemelhados para distorcer a fisionomia de Bolsonaro nas fotos que publica.
E para finalizar, um lembrete: Alô, Alô, Civita! Por favor! Pare de encher o saco com marketing de Veja. E antes que me esqueça, é bom Jair se acostumando.

Genocídio de fazendeiros brancos na África do Sul ✰ Comentário de Fernanda Salles

Pesquisas mostram. BOLSONARO dispara. ÁLVARO DIAS chega e Lula cai

Pense um pouco. Porque a esquerda, incluindo mídia, ataca Bolsonaro sem dó nem piedade e, simplesmente, ignora Álvaro Dias?
Existem dois tipos de Pesquisas Políticas. As feitas pra divulgar, são caras, servindo inclusive como indução ao voto, base de marqueting, e as internas de Partidos, fundamentais pra montagem de estratégias.
As primeiras são manipuladas a "Bel Prazer", enquanto as outras precisam ser exatas.
Últimas pesquisas internas, guardadas a 7 chaves, por ser o segredo parte da regra do jogo, apresentam resultado assustador às Viúvas do Fórum São Paulo e Lei Rouanet.
01 - Bolsonaro - 23%
02 - Lula - 18%
03 - Álvaro Dias 17%
04 - Marina 9%
05 - Ciro 6%
Saldo de 23% dividido entre os demais candidatos, brancos e nulos.
Álvaro e Lula empate técnico.
Marina e Ciro empate técnico.
Votos do PSDB não computados, por não ter ainda oficializado candidato.
Em se confirmando Alckmin, prognóstico é que arranque em 4º lugar.
PMDB aguarda resultados do Governo Temer e desenrolar das candidaturas concorrentes, pra depois se manifestar.
Diante desse quadro, Bolsonaro é o alvo da vez para o ataque, deixando Álvaro para um Plano B.
Depois de confirmado não ter chance de ultrapassar o líder, meta será disputar segunda vaga.
Medo agora é Bolsonaro disparar e vencer já no primeiro turno.
Bolsonaro terá de ser muito forte, pois tem um Tsunami de jogo sujo de difamação, pronto pra sair do forno.
Aconselha eleitores se concederem Direito da Dúvida é buscar confirmação.
PT é perito em inventar lendas massificando-as, até que soem como verdades.
Conhecendo a esquerda temos certeza que virá exigindo fonte; deixamos desafio como resposta.
Que venha a público um representante da Cúpula do PT e negue existência dessa pesquisa.
Muita água ainda a rolar, mas, no andar da carruagem, pra Lula restará a derrocada Política e Pessoal.

O Bolsonaro que a mídia não mostra


O povo brasileiro gasta R$ 800 mil por ano com aposentadoria de deputados federais presos

Você já leu aqui no Implicante que o brasileiro paga R$ 1,65 milhão por ano em aposentadorias a deputados federais cassados. Mas a graça não para nos “deputados federais cassados“. Ela também atinge a categoria dos “deputados federais presos“.
Conforme destacou o Estadão, a Câmara Federal gasta mensalmente R$ 62.114,26 com aposentadorias de ex-deputados federais presos. Ambos somam passagens pelos ministérios dos governos Lula, Dilma e/ou Temer. E foram detidos após investigações da operação Lava Jato.
Henrique Eduardo Alves recebe a aposentadoria mais gorda: R$ 41.760,00. Quanto a Geddel Vieira Lima, precisa se contentar com pouco menos da metade: R$ 20.354,26. Os valores fazem referência ao tempo de serviço e de contribuição aos planos de previdência dos congressistas.
Ambos somam 16 mandatos como deputados federais. No caso de Henrique, há inclusive uma passagem de dois anos pela Presidência da casa.
Em um ano, os detidos custarão mais de R$ 800 mil aos cofres públicos. Somados aos benefícios dos cassados, a farra se aproxima dos R$ 2,5 milhões.

Segóvia e Temer, uma parceria do mal que levantou suspeita em toda sociedade ✰ Comentário de Vera Magalhães

Bolsonaro manda Estadão comparar "ladrão com ladrão" e sugere nomes de Lula e Temer

Bolsonaro acha que a comparação correta é a que lista a dupla aí ao lado.
Reagindo, hoje, a nova investida contra ele, já que a mídia tradicional força comparações com Lula, disse Jair Bolsonaro:
- Jornais como Estadão devem comparar Lula com Temer. É ladrão contra ladrão.
E disse mais:
- O Estadão força a barra, porque sabe que não sou corrupto e nem ladrão, muito pelo contrário, porque não quero saber do PT e nem do PMDB.

Adivinha qual dos dois está aposentado por invalidez desde 1988

Justiça brasileira

Durante mais de 25 anos o GRUPO GUARARAPES vem lutando para que a JUSTIÇA seja a nossa última esperança, nos momentos de crises. Sem JUSTIÇA não há ordem. Quando a JUSTIÇA faz diferença entre pobre e rico, entre mulher e homem, entre Políticos ou o juiz torna-se um político a sociedade encontra-se ameaçada. Nestas condições o ódio domina e a justiça é injusta. Quando a JUSTIÇA olha com outros olhos os grandes ladrões (dinheiro e a moral) tudo pode estar perdido.
No livro - O HOMEM DE SÃO PETERSBURGO - está escrito: “as revoluções são sempre violentas, pois as pessoas não hesitam em matar para manter o poder”. A luta pelo PODER, atualmente no País, aumenta de violência e todos os instrumentos são usados para se manter no PODER ou para se chegar ao PODER, chegando, o governo, a comprar votos de deputados a peso de ouro.
Estamos esquecendo que a VERDADE é a grande força que mantem a LIBERDADE VIVA. Os líderes políticos estão mentindo enganando o seu povo. Pobre Brasil! Cuidado com as ditaduras. O que é pior: mentem e roubam.
Para tentar despertar a consciência POLÍTICA o GRUPO GUARARAPES transcreve cinco pensamentos, que se forem seguidos pelos políticos, ainda há tempo para a Salvação Nacional, caso contrário iremos marchar para a desgraça da revolução e vamos assistir brasileiros matando brasileiros.
“Se o homem falhar em conciliar a justiça e a liberdade, então falha em tudo”. Albert Camus
“A justiça pode caminhar sozinha; a injustiça precisa sempre de muletas, de argumentos”. Nicolae (PODE SER MULETA DE DINHEIRO)
“O juiz não é nomeado para fazer favores com a justiça, mas para julgar segundo as leis”. Platão
“Justiça tardia nada mais é do que injustiça institucionalizada”. Rui Barbosa
“A primeira igualdade é a justiça”. Victor Hugo.
JUSTIÇA! AMEMOS A JUSTIÇA! VIVA A LEI!
GRUPO GUARARAPES 16-11-2017
COORDENADOR GENERAL TORRES DE MELO

TRF2 manda bandidagem da Alerj para a cadeia, de novo ✰ Comentário de Joice Hasselmann

TRF4 nega último recurso de Zé Dirceu na Lava Jato

Decisão de aumento da pena de petista foi mantida

O Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF4) julgou, no início da manhã desta terça-feira, os embargos de declaração interpostos pelos réus da Operação Lava Jato do núcleo da Engevix, entre eles, o ex-ministro José Dirceu, o irmão dele Luiz Eduardo de Oliveira e Silva e o ex-diretor de Serviços da Petrobras Renato de Souza Duque. 
Dirceu, o ex-presidente da Engevix Gerson de Mello Almada e o irmão do ex-ministro tiveram os recursos negados pela 8ª Turma do TRF4. Assim, ficou mantida a integralidade do acórdão julgado em 26 de setembro que decidiu, entre outras medidas, o aumento da pena de Dirceu.
Nos embargos, o ex-ministro do governo Lula alegava omissões ou obscuridades no acórdão: violação à ampla defesa, ilegitimidade na utilização do depoimento de réus colaboradores, ausência de participação do irmão nos crimes de corrupção, equívocos nos critérios de progressão de regime e temas referentes à dosimetria da pena (proporção da pena em relação aos crimes).
No caso do processo de Renato Duque, o colegiado deu parcial provimento ao recurso e corrigiu erro material, ou seja, “reconhecendo erro de cálculo no valor individual de cada dia-multa, passando o valor de 540 dias-multa para 448 dias-multa, no valor unitário de três salários mínimos”.
Não foram conhecidos os embargos de declaração do ex-sócio de José Dirceu, Júlio César Santos, por ajuizamento do recurso fora do prazo. O mesmo ocorreu com os embargos de declaração do lobista Fernando Antônio Guimarães Houernaux de Moura e do ex-assessor de José Dirceu, Roberto Marques, por “inadequação da via processual eleita, ou seja, o pedido feito não pode ser analisado em embargos de declaração”. A 8ª Turma também negou provimento ao recurso do ex-sócio da Engevix José Antunes Sobrinho.
De acordo com a assessoria do tribunal, os advogados dos réus ainda podem recorrer a novos embargos, inclusive, embargos infringentes.

O Brasil e a crise de valores

Geddel não foi devidamente orientado

O novo diretor-geral da Polícia Federal (PF), Fernando Segóvia, afirmou ontem em sua cerimônia de posse, presente entre outras autoridades o próprio presidente, que “uma única mala talvez não desse toda a materialidade criminosa” contra o presidente Michel Temer.
Senhor Segóvia, só a título de curiosidade, quantas malas seriam necessárias para que o crime se materializasse? Será preciso imitar Geddel Vieira Lima? Se esse raciocínio continuar vigorando estaremos “ferrados” e mal pagos. O Brasil não teria mais dinheiro para encher várias malas dos 59.000 pulhas que tem fórum privilegiado
Pobre Brasil, o penúltimo presidente é LADRÃO, já é réu em um processo e outros virão; está com um pé na cadeia. O último presidente é LADRA, vai começar a ser investigada e também irá para a cadeia. O atual presidente, CORRUPTO, na hora que terminar o mandato, vai ser julgado, processado e condenado; não vai para cadeia graças à idade.
O último presidente do Senado, CORRUPTO e LADRÃO, responde a 15 processos, O atual presidente é CORRUPTO, citado em várias denúncias por corrupção. O Senado é formado por 2/3 de CORRUPTOS.
O último presidente da Câmara, CORRUPTO e LADRÃO, já está na cadeia. O atual presidente é CORRUPTO, citado em várias denúncias por corrupção. A Câmara é formada por 3/4 de CORRUPTOS.
Presidentes de Assembleias Legislativas, CORRUPTOS e LADRÕES, presos. Deputados estaduais, presos. Governadores, prefeitos, CORRUPTOS e LADRÕES, presos. Dá nojo ou não dá essa classe dirigente?
Partidos políticos, verdadeiras quadrilhas mantidas com dinheiro público. Vale salientar que as três maiores siglas do país, PMDB, PT, PSDB, são facções de uma mesma quadrilha, criadouro de ratos para ocuparem possíveis cargos no Executivo.
Sindicatos, antros de vagabundos que vivem às custas do Estado e do trabalhador e ainda incorporam movimentos do nível de MST e MTST, dois bandos de vândalos e malfeitores que não respeitam a propriedade privada.
Para encerrar vou fazer um último comentário, agora sobre o terceiro carcomido poder da República, o Judiciário, hoje desrespeitado, desmoralizado e em algumas situações subserviente aos outros dois poderes, e que tem na sua mais alta corte funções pouco republicanas – blindar e libertar bandidos.
Depois do jerico de Garanhuns, da anta mineira, do mordomo do Drácula, do cheirador de pó e dos Piccianis da vida, pergunto: o Brasil tem jeito? Ou estaremos condenados sermos sempre um país medíocre dominado por bandidos da pior espécie? O país precisa de 500 Sérgio Moro.

O PT esquece, a gente lembra!

O Banco Mundial sugeriu que os mais ricos paguem se quiserem estudar nas universidades federais do Brasil

Dois terços dos estudantes das universidades federais brasileiras saem da faixa dos 40% mais ricos. Com o diploma em mãos, a este grupo será reservado as melhores oportunidades de emprego do país, fazendo com que ricos fiquem ainda mais ricos em relações aos pobres.
Por anomalias sistêmicas como essa que o Banco Mundial sugeriu que o Brasil passasse a cobrar dos mais ricos o acesso ao ensino superior público. De acordo com a proposta, a ideia seria esta faixa da população ter acesso mediante algum financiamento – como o FIES – que passaria a quitar após a conclusão do curso.
O Mundial foi além: sugeriu que o governo brasileiro não gastasse com os alunos mais do que é investido pelas instituições mais eficientes do setor. Para se ter uma noção, enquanto um estudante custa a média de R$ 14 mil/ano a uma faculdade privada, a pública gasta R$ 41 mil. Nos institutos federais, a conta sobe para R$ 74 mil.
Em nível federal, a implementação desta ideias representariam um economia de R$ 13 bilhões ao povo brasileiro. Somadas às escolas estaduais, chegaria a R$ 16 bilhões por ano.

O Brasil não tem povo, apenas público

Por que "temer" o governo Temer?

"Pecar pelo silêncio, quando deveria se protestar, se transforma homens e covardes." Disse Abraham Lincoln, 16º presidente dos Estados Unidos da América, assassinado em 15 de abril de 1865, no exercício do cargo. Disse ainda que o povo não deve "temer" o seu governo e que o governo deve "temer" o seu povo. Por que o povo brasileiro teme o governo "Temer"?
O povo está com "saco cheio" do governo "Temer", no entanto, o povo age como se fosse "temer" o governo "Temer". Não há manifestações do povo contra o governo corrupto "Temer". O Michel "Temer" vendeu a ponte a esperança para o futuro. O povo está a "temer" a falsa ponte. A ponte está mais para a "pinguela".
Onde está o meu povo que esteve em diversas manifestações? Ainda no dia 13 de março de 2016, com mais de 3 milhões de pessoas nas ruas das principais cidades do Brasil, o povo saiu para pedir "impeachment" da presidente Dilma. Isto foi há pouco mais de um ano e meio. O povo parece "temer" pela manifestações contra o presidente "Temer". 
O governo "Temer" parece ter comprado com o seu famoso "toma lá, dá cá", alguns dos integrantes dos três poderes da República. Há ministros comprados no Palácio do Planalto. Há ministros comprados no STF. Há deputados federais comprados na Câmara dos Deputados. Há senadores comprados no Senado Federal. Talvez por isso o povo deve "temer" o governo "Temer?"
A pergunta que eu faço é: Por que "temer" o governo "Temer"? Por que não saímos às ruas contra o governo "Temer"?

Boa noticia para o Rio de Janeiro. Chegou a vez de Pezão ✰ Comentário de Augusto Nunes

TRF4, Porto Alegre, nega absolvição de Marisa Letícia no caso do triplex do Guarujá

Os desembargadores do TRF4, Porto Alegre, decidiram ontem que os advogados de Lula não têm razão no recurso que apresentaram para considerar Marisa Letícia absolvida no processo do caso do triplex do Guarujá.
Lula já tinha perdido o caso no primeiro grau e agora sofre nova derrota.
Na ação movida pelo MPF, na qual Marisa Letícia também era ré, o juiz Sérgio Moro julgou extinto o caso em relação à líder do PT (extinção de punibilidade em razão de morte), mas não a absolveu.
O processo segue em relação aos demais réus.
O que disse o desembargador Gebran Neto sobre o caso:
- A questão é absolutamente estéril" e que a extinção da punibilidade em caso de óbito e ficam preservados todos os atributos da presunção de inocência. Se isso se dá na forma da absolvição sumária ou posteriormente, com a extinção da punibilidade, é irrelevante do ponto de vista material.

11º Volksfriends - Pomerode SC

Piada pronta: Coreia do Norte condena Trump à morte

A Coreia do Norte declarou que o líder dos Estados Unidos, Donald Trump, foi condenado à morte no país por insultar o presidente Kim Jong-un. “O pior crime pelo qual ele nunca pode ser perdoado foi ousar profanar a dignidade da suprema liderança”, afirmou o editorial do jornal estatal Rodong Sinmun.
“Ele deve saber que é apenas um criminoso hediondo condenado à morte pelo povo coreano”, apontou o jornal.
O texto, que classifica o presidente americano como “depravado” e “velho escravo do dinheiro”, assegura que este “foi ridículo ao manipular a realidade” e “soltar todo tipo de maldições contra nós”, durante seu discurso de 22 minutos na Assembleia Nacional de Seul no último dia 8. 
Veja 

22 de Novembro - Dia Estadual da Consciência Antidrogas

terça-feira, 21 de novembro de 2017

Quem está ajudando Bolsonaro a crescer nas pesquisas

Quem está ajudando Jair Bolsonaro a crescer nas intenções de voto não é só o antilulismo.
É quem acha que criminosos peemedebistas e tucanos devem escapar da Justiça que condenou petistas.
É quem vê na corrupção um problema menor e, no combate rigoroso a todos os corruptos, um “moralismo udenista”.
É quem usa a suposta defesa do Estado de Direito para proteger criminosos de colarinho branco com mandato e sem mandato.
É quem ataca diariamente a Lava Jato, acusando-a de cometer “exageros”.
É quem menospreza a criminalidade que assassina mais de 61 mil brasileiros por ano.
É quem, em nome do interesse exclusivamente pessoal, quer ser candidato do centro mesmo não tendo a menor chance de ser eleito.
É quem, com medos pessoais, hesita em ser candidato do centro mesmo tendo grande chance de ser eleito.
Bolsonaro, que está sabendo vender-se como o candidato anti-sistema, e não apenas antilulista, só tem a agradecer a essa gente.

Bolsonaro no Canal Livre da Band



Com Lula fora, PT aceita ser vice do PMDB. Globo apóia e deixa Temer em paz

Gente que transita nos corredores de Brasília, revela proposta do PT a Temer. Globo vem de carona.
Em política verdade muda em segundos. Pode não se confirmar, mas negociações estão em andamento.
Lula está descartado, só ele ainda não sabe.
PT não tem credibilidade pra tentar vôo solo, com ou sem Lula, mas principalmente sem.
PMDB ESPERA resultados positivos do Governo Temer, o que lhe daria força pra almejar objetivos maiores.
Globo caiu na vala comum. Denunciada na Lava Jato, apelou pra "resposta em nota oficial"; modus operandis de todo vigarista, vale como confissão de culpa.
Segundo consta, iniciativa veio da "Plin Plin", viúva da "lucrativa amizade" com Lula e desafeta declarada de Temer.
Emissora convenceu cúpula do PT, os que realmente mandam no Partido; não inclui Gleisi Hoffmann.
Lula está fora e legenda desmoronando. Aventura em 2018, diante de possível fiasco, sepultaria o futuro. 
Globo intermediou encontro, ergueu Bandeira de Paz ao PMDB, sutil rendição diplomática e se comprometeu em deixar Temer em Paz, tendo garantia do Governo de "ajudinha extra" na investigação que corre contra ela é generoso socorro financeiro.
Em troca daria apoio infinito à uma futura chapa PMDB/PT, indiferente dos candidatos e, em paralelo, atacaria Bolsonaro, Alvaro Dias e Moro, vistos como inimigos a serem derrotados.
Campanhas de desmoralização aos três, já estaria no forno.
Emissora garante ter o poder de esmagá-los de forma fulminante e definitiva.
Fala-se de uma doação caridosa de Temer à Globo, de forma inesperada; visível mudança de postura, capaz de dar oxigênio à combalida, que respira por aparelhos.
Nomes assustam. Até o show de horrores, Renan Presidente, Haddad Vice, não está descartado.
Resta esperar pra ver.

Cabral, Lula, Pezão e Dilma parecem não ter entendido que a festa acabou ✰ Comentário de Augusto Nunes

Novo diretor da PF (após encontro a portas fechadas com Temer) coloca data para o fim da Lava Jato

O diretor da Polícia Federal, Fernando Segovia, revelou que as investigações da Operação Lava Jato têm data para acabar.
Segovia reuniu-se com a presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), Carmen Lúcia, nesta semana e afirmou que a PF estuda realocar delegados para auxiliar nos processos que tramitam na corte. Os inquéritos e ações que estão no Supremo envolvem políticos com foro privilegiado, como senadores e deputados federais. 
Hoje, a PF tem 15 delegados atuando em 153 inquéritos no STF — boa parte deles abertos pela delação da Odebrecht.
Indicado por Michel Temer (PMDB) no dia 8 de novembro, o novo diretor da PF chegou ao cargo para substituir Leandro Daiello, que estava no posto desde 2011.
Sua indicação foi chancelada por políticos investigados pela Lava Jato, como o ministro-chefe da Casa Civil Eliseu Padilha. 
Até mesmo dentro da Polícia Federal sua escolha foi questionada. A Associação dos Delegados da Polícia Federal (ADPF) publicou uma nota criticando o processo de seleção e classificou a atitude como um movimento político.

Famiglia Lula da Silva agradece ao Brasil

Ciro Gomes merece a presidência do clube dos veteranos velhacos

Algum amigo precisa dizer-lhe que o papel de moleque boquirroto, que passou a vida desempenhando, 
já não combina com o Ciro sexagenário

A caminho do terceiro fiasco numa disputa pela Presidência da República, Ciro Gomes mantém intocados o vocabulário de bordel e a argumentação tão rasa que, na imagem definitiva de Nelson Rodrigues, qualquer formiga pode atravessá-la com água pelas canelas.
A cada campanha de Ciro, o que muda é o partido que lhe serve de coiteiro. No momento é o PDT, de Carlos Lupi, o bizarro ex-ministro do Trabalho de Dilma. Também mudam, claro, os alvos da discurseira de esgoto berrada com sotaque de coronel nordestino.
Quando foi ministro de Lula, por exemplo, Ciro enxergava no chefe o maior presidente da história. Hoje vê na mesma figura “um merda”, como revelou num palavrório recente.
Diretores de redação que antes bajulava para mendigar entrevistas e reportagens – eu fui um deles – agora se tornaram “jornalistas alugados que precisam garantir o emprego na idade provecta”. Eu seria um deles.
Para essa caricatura degenerada do Menino Maluquinho, envelhecer é crime. Ele nem desconfia que, nascido num clã de oligarcas, já era velho ainda nos trabalhos de parto. É compreensível que o cérebro grisalho tenha ordenado ao caudilho com pouco mais de 20 anos que começasse a carreira política no PDS.
Permaneceu até 1983 no partido que surgira das cinzas da Arena, concebido para dar sustentação parlamentar ao regime militar. Um ano antes da redemocratização, filiou-se ao PMDB para ampliar as chances de virar deputado estadual.
Foi o começo da romaria partidária que o levaria a alugar-se, arrendar-se ou vender-se ao PSDB, ao PPS, ao PSB e ao PROS antes de homiziar-se no PDT. É hora de algum amigo misericordioso dizer-lhe que o papel de moleque boquirroto, que passou a vida interpretando, já não combina com um sexagenário.
Desde 6 de novembro, Ciro Gomes desfruta dos privilégios concedidos aos idosos: filas preferenciais, meio ingresso em cinemas e circos, viagens rodoviárias gratuitas, estacionamento cativo — tudo isso está ao alcance do jurássico oportunista que se imagina jovem.
Queira ou não, ele foi incorporado à grande tribo dos provectos. Se criar juízo, deixará de chamar eleitores de “burros”, afirmar que o papel da mulher de um político é dormir com o candidato ou qualificar Fortaleza de “um puteiro a céu aberto”.
Caso mantenha o estilo, o sessentão idiotizado pela certeza de que o Brasil é uma imensa Sobral ficará alguns anos-luz mais longe do Planalto. Em contrapartida, estará cada vez mais perto da presidência perpétua do clube dos veteranos velhacos.

Marco Antonio Villa detona FHC sobre o Bolsonaro

"Palestras" renderam R$ 27 milhões para Lula. Em apenas quatro anos.

Nunca, antes, na história deste País, um palestrante faturou tanto e em tão pouco tempo, tudo para falar tão pouco e com tão escassos conhecimentos.
Em apenas quatro anos, a empresa de Lula recebeu R$ 27 milhões por palestras,. todas colocadas em dúvida pelas operações Lava Jato, Zelotes e Janus.
A Lils Palestras foi uma empresa de êxito na área, pelo menos até ser detonada pelas investigações do MPF e da PF, já que os negócios funcionavam como fachada para acobertar recebimento de propinas.
A revelação do valor foi feita hoje pela Receita Federal, que considerou a receita muito incompatível com a realidade do mercado.

Mensagem do deputado Jorge Picciani aos eleitores do Rio de Janeiro

Antes de ser preso, Picciani nomeou filha de Lula na Alerj

A filha do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva fatalmente será mais uma ‘funcionária fantasma’ da Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro.
Lurian Cordeiro Lula da Silva foi nomeada no dia 1º de novembro de 2017 para exercer a função de Assessora Parlamentar.
O ato de nomeação foi assinado pelo presidente da Alerj Jorge Picciani e pelo 1º secretário Geraldo Pudim. 
Veja o ato de nomeação:
A filha mais velha de Lula reside em Maricá (RJ) e não pretende se mudar para a capital.
Logo, parece óbvio que será mais uma assombração a infestar os corredores do legislativo carioca.

Faça duas buscas no Google: 1- Foro de São Paulo / 2 - URSAL

VEXAME! Caso da Ministra Luislinda Valois ganha repercussão internacional

A revelação do pedido da ministra Luislinda Valois, que requereu ao governo receber R$ 61,4 mil sob alegação de trabalho escravo, ganhou repercussão internacional. O caso revelado com exclusividade pela Coluna do Estadão estampou as principais páginas dos jornais e sites em países do mundo inteiro.
No Reino Unido, o News Week trouxe como título Brazilian Official Feels Like a ‘Slave’ Because She Only Earns $ 10,000 a Month (Autoridade brasileira se sente como escrava porque ganha só 10 mil dólares por mês). A matéria ressalta que o pedido foi feito em “um País onde média salarial da população está em torno de R$ 2 mil e há milhões de cidadãos vivendo na pobreza”. A mesma reportagem foi replicada em outros portais do Reino Unido.
O espanhol El Diário mostrou que que “Polémica en Brasil tras pedido de ministra de DDHH para acumular sus salários” (A polêmica no Brasil com o pedido da ministra de Direitos Humanos para acumular seus salários). O texto retrata que o governo brasileiro se envolveu em nova situação embaraçosa com o requerimento de Luislinda.
O argentino La Nacion diz que “Una ministra brasileña se queja de que la “esclavizan” (Uma ministra brasileira se queixa de sua ‘escravidão’”. O repórter destaca que a ministra, beneficiária de uma série de privilégios, reclama de não receber as remunerações integrais.
Luislinda Valois tem uma aposentadoria como desembargadora de R$ 30,4 mil. Como ministra, teria mais um salário de R$ 30 mil, mas devido ao teto constitucional não pode receber mais de R$ 33,7 mil. No entanto, em um pedido de páginas, Luislinda tentou receber R$ 61,4 mil sob alegação de “trabalho escravo”.
O francês Invertália destaca que Brasil enfrenta “novela controversa” e traz o título: Controverse au Brésil après la demande du ministre des Droits de l’Homme d’accumuler leurs salaires (Controvérsia no Brasil com demanda da ministra dos Diireitos Humanos para acumular seus salários).
Já em Portugal, o Publico repercutiu a entrevista que a ministra Luislinda Valois deu à Coluna do Estadão. O título Ministra pede salário de mais de 16 mil euros. Porquê? “Trabalho de escravo”. No texto, a reportagem mostrou que a Luislinda pediu para acumular pensão de juíza com o salário de ministra porque “como governante, tem de se apresentar “trajada dignamente”: “É cabelo, é maquilhagem, é perfume, é roupa, é sapato, é alimentação””, retratou o jornal português.

Glória Maria polemiza com postagem em véspera do Dia da Consciência Negra

Fim da obrigatoriedade do imposto sindical obrigou a CUT a cortar 60% da folha de pagamento

A notícia publicada pela Folha no 18 de novembro de 2017  é extremamente inusitada. Acostumada a promover greves contra “patrões”, a CUT se viu alvo de uma ameaça de paralisação. Motivo: após o governo Temer conseguir acabar com a obrigatoriedade do imposto sindical, a Central Única dos Trabalhadores se viu obrigada a se livrar de 60% da própria folha de pagamento.
Para tanto, iniciou um Plano de Demissão Voluntária. Que desagradou boa parte dos 178 empregados, resultando na revolta contra os patrões. Desta vez, contudo, o alvo era a própria entidade.
Não foi informado o tamanho do prejuízo acumulado após a reforma trabalhista, mas sabe-se que, em 2016, a CUT recebeu quase R$ 60 milhões em contribuições – ou mais de R$ 336 mil por funcionário.
Mas, claro, nem tudo é investido em mão de obra. Parte dos recursos foi usado para bancar estrutura que acompanhou Lula em suas caravanas acusadas nas redes sociais de serem campanha antecipada.
Ainda assim, tratava-se de quantia suficiente para permitir que Delúbio Soares, mensaleiro condenado, recebesse R$ 15 mil de salário,
Realidade semelhante tem sido enfrentada por outras centrais sindicais.
Se o governo Temer não fez por merecer o esforço do brasileiro em derrubar Dilma Rousseff, o sufoco vivido pelo sindicalismo predatório nacional tem servido de consolo.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...